Voltar publicado em 06/09/2011 às 07:39 | Categoria: Palavras pastorais.


UM CULTO CHEIO DA UNÇÃO???

  Nestes últimos dias, algo tem me preocupado, a definição que algumas pessoas e não são poucas tem a respeito de um culto cheio da unção de Deus.

Tenho ouvido algumas falas de irmãos que definem um culto cheio da unção de Deus:
. “Pastor, este culto foi fantástico, teve manifestação do dom de línguas, teve interpretação, chegava a arrepiar. Quanta unção.”
. “Hoje foi demais, teve palavra profética, teve revelação, a glória do Senhor estava acampada neste lugar”
. “Pastor, hoje foi derramar de poder, era só pessoas caindo na unção, não tinha nem lugar para ficar no chão”
Sabe, eu creio que quando a unção de Deus está sobre um culto estas coisas acontecem. Há manifestações sobrenaturais do poder de Deus: línguas, interpretação, batismo no Espírito Santo, palavras proféticas, cair na unção e muitos outros sinais que tenho visto nas Igrejas por onde tenho passado em minhas pregações. São, verdadeiramente, ações de Deus, que se manifesta na sua multiforme graça.
Porém, o que me preocupa é que é “TANTA UNÇÃO”, “TANDO DERRAMAR DE PODER”, mas tão pouca mudança da vida.
Unção sem mudança de vida, para mim é “farofa”, ou seja, é uma “mistureira de coisas”, menos manifestação de poder de Deus. Quero que você reflita um pouco sobre o que você vê ou sobre o que você crê.
. Tem unção de Deus? Então tem que haver: Salvação, busca de santidade, consagração, libertação, restauração, entre outros, enfim, precisa haver mudança de vida, tanto por parte do que “derrama a unção”, quanto por parte daqueles que “recebem a unção”.
Quer um culto cheio da unção? Então esteja disposto a mudar de vida e deixe o Espírito Santo agir. Assim seremos cheios da unção e o nosso culto será maravilhoso.
Todos os Direitos reservados - Desenvolvido por juniormanweb